Topo
Paola Machado

Paola Machado

Categorias

Histórico

Ovos na porta? Saiba qual o melhor lugar na geladeira para cada alimento

Paola Machado

2003-05-20T18:04:00

03/05/2018 04h00

Qual o lugar certo de guardar ovo

Crédito: iStock

A geladeira não é apenas um lugar fácil para você "encontrar" suas refeições. É um equipamento de alta tecnologia que tem como função armazenar suas delícias, condimentos e comidinhas, sem deixar que estes alimentos percam suas funcionalidades. Seus compartimentos servem para propósitos diferentes –que, muitas vezes, não levamos em consideração –, por área de diferentes temperaturas.

Muitos alimentos devem ser mantidos em temperaturas mais baixas para prevenir o crescimento de bactérias e outros micróbios, que estragam os alimentos e podem até deixar você doente. Ao guardar a comida no lugar indevido, você acaba não só perdendo o alimento, como também dinheiro e até a vontade de preparar suas refeições em casa.

As geladeiras devem estar em uma temperatura de 5 ºC  ou menos e o freezer a -17 ºC. E vale ficar de olho nisso. Mesmo parecendo estarem bem frios, às vezes, alguns equipamentos têm temperaturas diferentes. Isso é um ponto importante na aquisição do eletrodoméstico.

Saiba o que guardar em cada compartimento da geladeira

FREEZER 

Vou começar falando de uma coisa óbvia: no freezer ficam os alimentos congelados: frutas, legumes, carnes etc. Além disso, você pode armazenar tortas, molho de macarrão, pão… O truque do freezer é guardar o alimento bem fechadinho ou em recipientes, mantendo tudo bem organizado. Isso otimiza espaço e economiza energia — você não vai perder horas e horas procurando um alimento com a porta aberta). Em vez de usar recipientes de vidro, que podem quebrar, congele os alimentos em recipientes de plástico ou mesmo em sacos plástico livres de bisfenóis.

PORTA

Não é de se surpreender que a porta é o compartimento "mais quente" da geladeira e que mais fica exposto a oscilação de temperatura –por causa do abre e fecha da geladeira. Esta parte deve ser reservada para alimentos que são mais resistentes a estragar, como condimentos, sucos, água etc. Nada de colocar ovos e laticínios na porta da geladeira, pois essas comidas são a casa perfeita das bactérias –e o ambiente menos frio vai facilitar a proliferação desses micro-organismo.

PRATELEIRAS SUPERIORES

Têm as temperaturas mais constantes. Uma estratégia ótima de cozinhas de restaurantes é colocar os alimentos que não precisam ser cozidos perto do topo da geladeira. Isso inclui restos de comida, bebidas e alimentos prontos para o consumo, como tortas, patês e frios. As ervas podem ser mantidas frescas, colocando-as na posição vertical em um vaso ou frasco com água e cobrindo-a com um saco de plástico.

PRATELEIRAS MAIS BAIXAS

São a melhor aposta para a carne crua, ovos, frutos do mar e laticínios, que precisam ser armazenados em temperaturas mais baixas. Para impedir que as bactérias da carne crua se espalhem, atribua uma determinada seção da sua geladeira para estocar carnes frescas. Mantenha a carne em sua embalagem original e coloque-a em um prato sempre limpo.

Atenção: ao contrário do freezer, a geladeira não deve ficar lotada. O ar frio precisa fluir, se isso não acontecer a temperatura ficará oscilando e o consumo de energia aumenta.

GAVETAS

O objetivo de gavetas é manter as condições úmidas que ajudam a preservar frutas e legumes. Mas não cometa o erro de colocar tudo de uma vez, misturado um vegetal sobre o outro em um só espaço. Saiba que as frutas e verduras devem ser guardadas separadamente. Muitas frutas, incluindo maçãs, pêssegos, ameixas, peras e melões, produzem etileno, uma substância química que ajuda a amadurecer. O etileno produzido por elas também pode promover o amadurecimento de outras plantas, estragando legumes e verduras. Por essa razão, mantenha legumes em uma gaveta e frutas em outra.

Atenção: frutas e verduras devem ser lavadas antes de comer, mas muita umidade deixa os alimentos maduros demais e faz com que eles estraguem antes de você colher os benefícios! Se optar por guardar as frutas lavadas na geladeira, deixe a água escorrer e retire a umidade com toalha de papel. Morangos, por exemplo, são frágeis, por isso os manuseie com cuidado e os ingira dentro de um dia ou dois depois de lavar.

EM CIMA DA GELEIRA (PARTE EXTERNA)

Tem pessoas que utilizam a parte de cima da geladeira para colocar algumas coisinhas. É seu caso? Então, nunca coloque pães, comidas ou mesmo vinho. Mesmo se for prático para você é uma péssima ideia. O calor ao redor da geladeira costuma ser maior, por causa do motor. Resultado: a parte de cima fica quente. Quer aproveitar esse espaço? Deixe livros de culinária, papel toalha etc.

COLOCAR OU NÃO NA GELADEIRA?

Acho que o mais difícil é saber o que realmente fica dentro da geladeira. Muitas pessoas deparam-se com esta questão. Saiba você que muitos alimentos não pertencem à geladeira. O tomate, por exemplo, perde muito do seu sabor quando fica dentro da geladeira. Cebola, abóbora e batatas ficam melhores em ambientes com baixa umidade e escuros (como em armários). Abacates e muitas frutas amadurecem bem melhor quando deixados na fruteira, mas também podem ir para geladeira para retardar o processo de amadurecimento. As ervas podem ser mantidas na geladeira ou em um vaso na bancada da sua cozinha.

Os pães, o mel e até os óleos (exceto o de nozes) podem ser mantidos fora da geladeira. O café pode ficar fora ou dentro da geladeira, desde que mantido sempre longe de altas temperaturas.

Sobre a autora

Paola Machado é fisiologista do exercício, formada em educação física modalidade em saúde pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela UNIFESP. É autora do Livro Kilorias - Faça do #projetoverão seu estilo de vida (Editora Benvirá). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre obesidade, e tem um canal de desafios (30 Dias com Paola Machado) onde testa a teoria na prática. Também é fundadora do aplicativo aplicativo 12 semanas. CREF: 080213-G | SP

Sobre a coluna

Aqui eu compartilharei conteúdo sobre exercício e alimentação para ajudar você a encontrar o caminho para um estilo de vida mais saudável. Os textos são cientificamente embasados e selecionados da melhor forma possível, sempre para auxiliar no seu bem-estar. Mas, lembre-se: a informação profissional é só o primeiro passo da sua nova jornada. O restante do percurso depende 100% de você e da sua motivação para alcançar seu objetivo.