menu
Topo
Paola Machado

Paola Machado

Categorias

Histórico

Cacau: um fruto nutritivo e que garante vários benefícios ao chocolate

Paola Machado

20/11/2018 04h00

Crédito: iStock

O cacau, que em grego significa "alimento dos deuses", é um dos principais ingredientes do chocolate e responsável pela maior parte dos benefícios do consumo desse alimento.

O cacau é rico em compostos antioxidantes (polifenóis), especialmente taninos e os flavonoides. Essas substâncias têm sido relacionadas a efeitos positivos à saúde, pois previnem reações oxidativas e a formação de radicais livres, além de possuir propriedades anti-inflamatórias que contribuem para a redução do risco de tumores e problemas cardiovasculares.

Os polifenóis ajudam a proteger os tecidos corporais do estresse oxidativo, considerado o grande gatilho para o desenvolvimento das doenças crônicas da modernidade. Quando produzidos em excesso e não destruídos pelo sistema antioxidante de defesa do organismo, os radicais livres podem reagir facilmente com o DNA, as proteínas e os lipídios das nossas células, provocando envelhecimento precoce e doenças como câncer e aterosclerose.

Qual chocolate consumir?

Na maioria das vezes, o chocolate mais saudável é aquele que possui mais cacau e, consequentemente, maior quantidade de compostos antioxidantes –além de menos açúcar. Confira na figura a quantidade de polifenóis em alguns produtos:

Adaptado de Efraim, et al (2011).

Já a figura abaixo mostra a comparação da capacidade antioxidante (ORAC) do chocolate ao leite e do chocolate amargo. Por ter mais cacau, o chocolate amargo possui quase mais que o dobro de capacidade antioxidante.

É preciso considerar que o chocolate comum (ao leite) é predominantemente feito com leite, açúcar e tem pouca quantidade de cacau. Por isso não é o mais saudável. A adição de leite ao chocolate ainda pode causar a redução da biodisponibilidade dos polifenóis do cacau.  Sendo assim, os benefícios antioxidantes são reduzidos.

Quanto mais amargo for o chocolate, mais cacau e compostos fenólicos com capacidade antioxidante ele tem. Se você é uma dessas pessoas que busca benefícios à sua saúde, saiba que os chocolates com maiores concentrações de cacau (>60%) agregam mais benefícios.

Chocolate traz prazer

O chocolate está relacionado ao aumento da sensação de prazer. É por isso que é bem comum as pessoas buscarem o doce para reduzir um pouco a ansiedade, sintomas de tristeza e estresse.

O cacau é capaz de promover elevação nos níveis de serotonina no cérebro, que é considerada a substância do prazer e bem-estar. Estudos demonstram que chocolates com 60% a 85% de cacau podem ser uma boa fonte alimentar para elevações nos níveis de serotonina.

Quanto comer?

A quantidade de chocolate amargo que já propicia benefícios varia, mas uma porção de 25 g a 40 g ao dia já é suficiente.

Os benefícios do cacau ainda podem ser adquiridos pelo consumo do cacau em pó (1 colher de sopa cheia), que obviamente também possui uma capacidade antioxidante. O cacau em pó pode ser usado em vitaminas, sucos, bolos e em mousse de abacate, por exemplo.

*Colaboração da nutricionista Dra. Deborah Masquio

Referências:
– Coentrão PAM. AVALIAÇÃO DE TRÊS TÉCNICAS DE ISOLAMENTO DE POLIFENÓIS: aplicação em amostras de chocolate meio amargo . Universidade Federal Fluminense. 2005.
– Efraim P. Polifenóis em cacau e derivados: teores, fatores de variação e efeitos na saúde Braz. J. Food Technol., Campinas, v. 14, n. 3, p. 181-201, jul./set. 2011.
– Faviere MIG. Nutrição na visão da prática ortomolecular.2009.
– Guillén-Casla V, Rosales-Conrado N, León-González ME, Pérez-Arribas LV, Polo-Díez LM.
Determination of serotonin and its precursors in chocolate samples  by capillary liquid chromatography with mass spectrometry detection. J Chromatogr A. 2012 Apr 6;1232:158-65.

Sobre a autora

Paola Machado é fisiologista do exercício, formada em educação física modalidade em saúde pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela UNIFESP. É autora do Livro Kilorias - Faça do #projetoverão seu estilo de vida (Editora Benvirá). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre obesidade, e tem um canal de desafios (30 Dias com Paola Machado) onde testa a teoria na prática. Também é fundadora do aplicativo aplicativo 12 semanas. CREF: 080213-G | SP

Sobre a coluna

Aqui eu compartilharei conteúdo sobre exercício e alimentação para ajudar você a encontrar o caminho para um estilo de vida mais saudável. Os textos são cientificamente embasados e selecionados da melhor forma possível, sempre para auxiliar no seu bem-estar. Mas, lembre-se: a informação profissional é só o primeiro passo da sua nova jornada. O restante do percurso depende 100% de você e da sua motivação para alcançar seu objetivo.