Topo
Paola Machado

Paola Machado

Categorias

Histórico

Exercícios físicos são fundamentais para ter boa postura

Paola Machado

2021-02-20T19:04:00

21/02/2019 04h00

Crédito: iStock

A coluna vertebral possui 33 vértebras e está dividida em quatro regiões: coluna cervical, coluna torácica, coluna lombar e a sacral.

Olhando a coluna em vista lateral, conseguimos visualizar essas regiões pelas curvaturas fisiológicas que formam no nosso corpo. Na cervical e na lombar encontramos as lordoses e, na torácica e sacral vemos as cifoses.

Você sabia que não nascemos com a coluna como ela é agora?

Nascemos com as cifoses na região torácica e na região sacral, mas as lordoses desenvolvem-se apenas quando bebês começam a ficar em pé. Apenas o ser humano possui a lordose lombar, sendo ela fundamental para postura e marcha.

Qual a função das curvaturas da coluna?

A função das curvaturas é distribuir as cargas biomecânicas. Por isso, ter uma coluna reta e retificada não é sinônimo de saúde.

As curvaturas podem variar entre indivíduos e etnias, surgindo hiperlordoses, hipercifoses e retificações das curvas. Tanto o aumento quanto a diminuição de qualquer curvatura podem impactar em sintomas como dor e predisposição para doenças degenerativas da coluna.

Uma coluna saudável tem como função proporcionar estabilidade para nos manter em pé e sustentar nosso corpo, também possibilita movimentos em todas as direções e protege estruturas do sistema nervoso como a medula espinhal.

Para assumir essas funções, a coluna precisa se manter em equilíbrio com as demais estruturas do corpo, mantendo-se em uma boa postura. Muito se fala em ter um boa postura mas o que de fato seria uma boa postura?

Boa postura

Quando pensamos em postura, devemos imaginar que a postura não é apenas aquela em que nos encontramos estáticos, mas principalmente as posturas adotadas em movimentos e tarefas.

A postura pode ser descrita como a posição de cada segmento da coluna em relação à gravidade, uma "boa" postura representa uma ação combinada entre a biomecânica e a função neuromuscular com o mínimo de gasto energético durante uma tarefa influenciada pelo ambiente, ou seja, movimento realizado harmonicamente com coordenação, segurança e equilíbrio, por meio do uso de forças adequadas durante as posturas adotadas em uma determinada tarefa.

Na literatura atual não existe um consenso sobre a postura ideal, bem como não há um consenso sobre a melhor forma de desenvolvê-la. As orientações e acessórios ergonômicos são bastante disseminados e têm seu papel, porém a realização de exercícios físicos é fundamental. Estudos demonstram que a prática regular de atividade física reduz em cerca de 33% o risco de dor na coluna.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), recomenda-se realizar pelo menos 150 minutos de atividade física moderada na semana. Essa atividade pode ser caminhar, pedalar, praticar esportes. No Brasil, uma em cada duas pessoas não pratica esse tempo mínimo de atividade física. Entre as mulheres, a falta de exercícios é ainda maior.

Atualmente, o maior desafio é sair desse sedentarismo, já que nossas rotinas são cada vez mais exigentes e permanecemos mais tempo sentados em frente ao computador, à televisão ou presos no trânsito.

Assim como os ambientes de trabalho se preocupam em promover um ambiente cheio de ajustes ergonômicos, é importante que se incorpore os exercícios físicos na rotina. Não apenas por seu papel protetor para dores na coluna mas por trazer outros benefícios para saúde.

Mas lembre-se de realizar atividade física sob a supervisão de um profissional qualificado e, em caso de dor, procure um profissional capacitado para avaliar e indicar o melhor tratamento.

*Colaboração da fisioterapeuta Dra. Renata Luri (Unifesp) e da fisioterapeuta Dra. Thais de Almeida Silva

Referências:
– Berven S, Wadhwa R. Sagittal Alignment of the Lumbar Spine. NeurosurgClin N Am. 2018 Jul;29(3):331-339. doi: 10.1016/j.nec.2018.03.009. Review. PubMed. PMID: 29933801.
– CLAUS, Andrew P. et al. Different ways to balance the spine: subtle changes in sagittal spinal curves affect regional muscle activity. Spine, v. 34, n. 6, p. E208-E214, 2009.
– Claus AP, Hides JA, Moseley GL, Hodges PW. Is 'ideal' sitting posture real? Measurement of spinal curves in four sitting postures. Man Ther. 2009 Aug;14(4):404-8. doi: 10.1016/j.math.2008.06.001. Epub 2008 Sep 14. PubMed. PMID: 18793867.
– Zwierzchowska A, Tuz J. [Avaliação do impacto da espinha sagital curvaturas em distúrbios musculoesqueléticos em jovens. Med Pr. 2018 jan 1; 69 (1): 29-36. doi: 10.13075 / mp.5893.00558. Epub 2017 20 de setembro. Polonês. PubMed. PMID: 29213141.
– Meng XG, Yue SW. Efficacy of aerobic exercise for treatment of chronic low back pain: a meta-analysis. Am J Phys Med Rehabil. 2015 May;94(5):358-65. doi: 10.1097/PHM.0000000000000188. PubMed. PMID: 25299528.
– Shariat A, Cleland JA, Danaee M, Kargarfard M, Sangelaji B, Tamrin SBM. Effects of stretching exercise training and ergonomic modifications on musculoskeletal discomforts of office workers: a randomized controlled trial. Braz J PhysTher. 2018 Mar – Apr;22(2):144-153.
– SHIRI, Rahman; COGGON, David; FALAH-HASSANI, Kobra. Exercise for the prevention of low back pain: systematic review and meta-analysis of controlled trials. American journal of epidemiology, v. 187, n. 5, p. 1093-1101, 2017.

Sobre a autora

Paola Machado é fisiologista do exercício, formada em educação física modalidade em saúde pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela UNIFESP. É autora do Livro Kilorias - Faça do #projetoverão seu estilo de vida (Editora Benvirá). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre obesidade, e tem um canal de desafios (30 Dias com Paola Machado) onde testa a teoria na prática. Também é fundadora do aplicativo aplicativo 12 semanas. CREF: 080213-G | SP

Sobre a coluna

Aqui eu compartilharei conteúdo sobre exercício e alimentação para ajudar você a encontrar o caminho para um estilo de vida mais saudável. Os textos são cientificamente embasados e selecionados da melhor forma possível, sempre para auxiliar no seu bem-estar. Mas, lembre-se: a informação profissional é só o primeiro passo da sua nova jornada. O restante do percurso depende 100% de você e da sua motivação para alcançar seu objetivo.