Topo
Paola Machado

Paola Machado

Categorias

Histórico

Liberação miofascial: veja benefícios da massagem com rolo de espuma

Paola Machado

05/03/2019 04h00

Crédito: iStock

Você conhece o foam roller (ou rolo de espuma, em português)? Talvez você até já tenha visto o acessório na academia, mas nunca soube seu nome ou descobriu para que ele serve.

O foam roller é um cilindro geralmente feito de espuma, usado para realizar a liberação miofascial do músculos. Muitos atletas profissionais e amadores utilizam o equipamento antes ou depois do treino, para massagear os músculos utilizando o próprio peso corporal.

O que é liberação miofascial?

Liberação miofascial é utilizada como automassagem para liberar tensão muscular e pontos gatilho. Pode ser realizada com foam roller, bolinha de tênis, medicine balls e stick.

Por meio da aplicação de pressão em pontos específicos do corpo, a massagem auxilia na recuperação dos músculos, devolvendo suas funções normais.

Como identificar se há músculos tensos ou pontos gatilho?

Pontos gatilhos são "nós" que formam em nossos músculos. Eles podem ser identificados facilmente, pois geram muita dor. Essa dor pode ser sentida quando a pressão é aplicada em uma área e imediatamente é irradiada para outra. Pense nessa dor como aquela que se sente durante um alongamento, desconfortável, mas não insuportável , porém quando terminar sua sensação será de bem-estar e alívio.

Para que iremos fazer algo que dói?

Essa prática possibilita o usuário controlar o processo de cura e recuperação, aplicando a pressão com ênfase em lugares precisos, pois você sempre vai saber onde está doendo mais! Tendo total controle do movimento e do seu corpo.

Liberando esses pontos de gatilho, restabelecemos padrões de movimentos livre de dor, benefício que não teríamos apenas com o alongamento. Imagine uma corda elástica com um nó amarrado no meio, e essa mesma corda sendo esticada… O nó permanece e cria mais rigidez ao passo que a corda não ganha amplitude nem volta ao seu estado inicial.

A liberação miofascial tem o papel de desfazer esses nódulos musculares antes de outro trabalho, seja de flexibilidade, seja de força, retomando o fluxo normal do sangue e funções naturais do músculo.

Antes de iniciar a liberação miofascial, leia algumas dicas para deixar seus músculos mais soltos.

Quanto mais lento o movimento, melhor!

Quando estamos falando do foam roller, quanto mais lento o movimento for, melhor. Se você for veloz ao fazer o rolamento, pode ocorrer de passar muito rápido pelos "nós" dos músculos. Quando realiza o movimento lentamente, consegue chegar a um ponto mais sensível e, assim, rolar em movimentos mais curtos e lentos por cerca de 60 segundos.

Desse modo, gradualmente, liberará os nós sem comprometer o restante dos músculos.

Melhora da circulação

Se você fizer corretamente, a espuma de rolamento funciona como uma massagem desportiva. Como qualquer massagem, a pressão do rolo melhora a circulação, estimulando o fluxo sanguíneo para os tecidos moles. Isto significa que mais oxigênio é fornecido para a área massageada, o que tem um efeito de prevenção e tratamento em músculos lesionados.

Melhora a mobilidade da coluna vertebral superior

A região superior da coluna vertebral é um ponto importantíssimo do nosso corpo para termos mobilidade. Quando a mobilidade é limitada é supercomum termos tensões no pescoço, ombros, costas e, até, quadris, pois este tipo de tensão acarreta em uma má postura, com consequente dor. Assim, o foam roller ajuda muito na parte superior, soltando os pontos de tensão.

O melhor amigo de um corredor

A tensão muscular é causada por movimentos repetitivos, por isso os corredores, muitas vezes, ficam com os músculos da perna e quadril doloridos. O foam roller ajuda a liberação dos nós, melhora a flexibilidade e diminui o risco de lesões causadas por pontos de tensão em seu corpo.

É ótimo para os corredores que sofrem com incômodos na região iliotibial, que é a região de fáscia que se estende do quadril até o joelho. Massagear esta região é uma ótima forma de aliviar dores e incômodos.

*Colaboração do fisioterapeuta Dr. Pedro Sasaki (HCor e UNIFESP)

Sobre a autora

Paola Machado é fisiologista do exercício, formada em educação física modalidade em saúde pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela UNIFESP. É autora do Livro Kilorias - Faça do #projetoverão seu estilo de vida (Editora Benvirá). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre obesidade, e tem um canal de desafios (30 Dias com Paola Machado) onde testa a teoria na prática. Também é fundadora do aplicativo aplicativo 12 semanas. CREF: 080213-G | SP

Sobre a coluna

Aqui eu compartilharei conteúdo sobre exercício e alimentação para ajudar você a encontrar o caminho para um estilo de vida mais saudável. Os textos são cientificamente embasados e selecionados da melhor forma possível, sempre para auxiliar no seu bem-estar. Mas, lembre-se: a informação profissional é só o primeiro passo da sua nova jornada. O restante do percurso depende 100% de você e da sua motivação para alcançar seu objetivo.