Topo
Paola Machado

Paola Machado

Categorias

Histórico

Açúcar é proibido para quem tem diabetes? Veja 8 mitos sobre a doença

Paola Machado

02/07/2019 04h00

Crédito: iStock

O diabetes é uma das doenças crônicas mais comuns no mundo, e quando não tratado corretamente pode ter consequências séria e até levar à morte.

A condição geralmente é cercada de dúvidas e mitos, especialmente quanto à alimentação. A seguir, esclareço alguns pontos importantes.

Carboidrato é proibido? 

Não. Os carboidratos são macronutrientes que devem estar presentes em nossa alimentação diariamente. É o principal nutriente que fornece energia para o funcionamento do organismo e também o principal responsável por elevar a taxa de glicose no sangue.

De acordo com as diretrizes atuais, recomenda-se que portadores de diabetes consumam de 45% a 60% das calorias diárias provenientes de carboidratos.  Apesar de não haver restrição de carboidrato, o tamanho da porção ingerida e a qualidade do alimento a ser consumido são pontos importantes. 

É recomendado optar por fontes de carboidratos complexos, ou seja, aqueles presentes no arroz, arroz integral, batata, batata-doce, mandioca, massa e pão integral. Os carboidratos simples, como os presentes em doces  e açúcar, devem ser evitados.

A combinação de mais de um alimento fonte de carboidrato dentro da mesma refeição também deve ser pensada, a fim de se evitar os exageros alimentares. O porcionamento dos alimentos é o segredo para esta combinação.

Posso misturar duas fontes de carboidratos nas refeições?

Sim, é possível combinar duas fontes de carboidratos na mesma refeição, desde que as quantidades dos alimentos sejam ajustadas. O tamanho das porções e a quantidades ingeridas em cada refeição precisam sempre ser levadas em consideração no tratamento de diabetes.

O açúcar é proibido? 

O açúcar não é proibido, entretanto, deve ser consumido com moderação! Ou seja, não é liberado para ser consumido à vontade.

De acordo com a OMS e as diretrizes para o diabetes, recomenda-se no máximo 5% das calorias diárias provenientes de açúcar. Em uma dieta de 2000 kcal, 5% das calorias equivalem a 25 gramas ao dia. É importante que a alimentação seja equilibrada e saudável, contemplando diversos grupos alimentares, e rica em fibras, para amenizar a absorção de carboidratos simples.

O açúcar corresponde aos monossacarídeos (frutose)  e dissacarídeos (sacarose) acrescentados em preparações culinárias (bolos, tortas, doces), bebidas (sucos), produtos industrializados (chocolates, barras de cereais, doces, balas). O açúcar também pode estar presente em alimentos industrializados, estando descrito com diferentes nomes na lista de ingredientes. Como:

  • Sacarose
  • Açúcar invertido
  • Xarope de glicose
  • Frutose
  • Xarope de milho
  • Xarope de frutose
  • Açúcar mascavo
  • Açúcar do coco
  • Açúcar cristal
  • Glicose de milho
  • Xarope de malte
  • Extrato de malte
  • Açúcar líquido
  • Mel
  • Melado
  • Melaço
  • Dextrose
  • Maltose

Importante esclarecer que os açúcares livres são diferentes dos açúcares intrínsecos encontrados em frutas e vegetais frescos. Até o momento, não existe nenhuma evidência relatada que relacione o consumo de açúcares intrínsecos a efeitos adversos para a saúde. Assim, estas recomendações não contra-indicam o consumo de açúcares intrínsecos presentes em frutas e vegetais frescos.

A fruta é proibida? 

Não. De acordo com as recomendações mais atuais da Sociedade Brasileira de Diabetes e Academia Americana de Diabetes, nenhuma fruta é contra-indicada na alimentação de portadores de diabetes.

Nem mesmo as frutas mais doces, como caqui, manga e banana devem sem limitadas. A doçura das frutas não tem relação com a restrição em diabetes. Ou seja, frutas que estão mais doces não precisam ser limitadas, uma vez que o teor total de carboidrato não muda.

A recomendação de ingestão de frutas diariamente segue as diretrizes de alimentação saudável vigentes em nosso país, ou seja, cerca de 3 a 5 porções diárias. Sugere-se ingerí-las com casca e bagaço sempre que possível, para aumentar a ingestão de fibras e promover melhor controle glicêmico.

Beterraba pode? 

A beterraba pode e deve ser consumida dentro da alimentação saudável de portadores ou não de diabetes. Deve-se considerar que a quantidade de carboidratos de 1 xícara de beterraba cozida (50 g) contém cerca de 3,1 g de carboidrato, uma quantidade bem menor que a presente em fontes alimentares de carboidratos.

Além do mais, deve-se considerar neste alimento a presença de fibras e compostos antioxidantes (antocianinas), substâncias benéficas à saúde por atuarem na regulação metabólica.

Os produtos diet não contém açúcar e podem ser consumidos à vontade?

Não. Por definição, os alimentos diet são aqueles que apresentam isenção de um determinado nutriente e não necessariamente o açúcar. Na maioria das vezes temos isenção de açúcar, entretanto, a leitura dos rótulos se faz essencial para escolhas alimentares adequadas.

Existem alimentos proibidos para pessoas portadoras de diabetes?

Não. A alimentação de um portador de diabetes se pauta em uma alimentação equilibrada e variada, onde tudo é permitido, desde que consumido com moderação e dentro das recomendações sugeridas pelas diretrizes nacionais e internacionais.

Pessoas com diabetes podem consumir adoçantes?

Sim. Os adoçantes ou edulcorantes surgiram como uma forma de substituir o açúcar ou a sacarose. De acordo com as diretrizes atuais, praticamente todos os adoçantes podem ser consumidos por portadores de diabetes. Uma ressalva vai para os adoçantes que apresentam sódio em sua composição, que quando consumidos diariamente e várias vezes ao dia podem elevar o consumo de sódio. Exemplos de adoçantes que contém sódio em sua composição são sacarina e ciclamato. Portanto, atenção ao consumo destes adoçantes e de produtos diet que o contenham em sua lista de ingredientes.

*Colaboração da Dra. Deborah Masquio, nutricionista clínica funcional, clínica 12 semanas e pesquisadora da UNIFESP.

Referências: 
– Organização Mundial da Saúde. Sugar intake for adults and children. 2015.
– Organização Mundial da Saúde. Information note about intake of sugars recommended
in the WHO guideline for adults and children. 2015.
– Sociedade Brasileira de Diabetes Departamento de Nutrição. Manual de contagem de carboidratos. 2016
– Sociedade Brasileira de Diabetes. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2017-2018 / Organização José Egídio Paulo de Oliveira, Renan Magalhães Montenegro Junior, Sérgio Vencio. — São Paulo : Editora Clannad, 2017.
– American Diabetes Association.  Standards of Medical Care in Diabetes. 2019.

Sobre a autora

Paola Machado é fisiologista do exercício, formada em educação física modalidade em saúde pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela UNIFESP. É autora do Livro Kilorias - Faça do #projetoverão seu estilo de vida (Editora Benvirá). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre obesidade, e tem um canal de desafios (30 Dias com Paola Machado) onde testa a teoria na prática. Também é fundadora do aplicativo aplicativo 12 semanas. CREF: 080213-G | SP

Sobre a coluna

Aqui eu compartilharei conteúdo sobre exercício e alimentação para ajudar você a encontrar o caminho para um estilo de vida mais saudável. Os textos são cientificamente embasados e selecionados da melhor forma possível, sempre para auxiliar no seu bem-estar. Mas, lembre-se: a informação profissional é só o primeiro passo da sua nova jornada. O restante do percurso depende 100% de você e da sua motivação para alcançar seu objetivo.