Topo
Paola Machado

Paola Machado

Categorias

Histórico

RPG: entenda a técnica e como ela ajuda a melhorar a postura

Paola Machado

18/09/2019 04h03

Crédito: iStock

O RPG foi criado na França no início da década de 1950, quando Françoise Mézières, uma terapeuta corporal, observou compensações em áreas distantes do corpo enquanto corrigia um determinado segmento corporal, surgindo assim a ideia de "Cadeias musculares".

Trata-se de um conceito de que os músculos do corpo estão interrelacionados, necessitando de um tratamento com olhar global. Philippe-Emmanuel Souchard, aluno de Mézieres, fundamentou esse conceito, formulando o método, hoje conhecido como Reeducação Postural Global.

O que é postura?

A postura pode ser definida como a posição de cada segmento corporal, uns em relação aos outros e em relação à gravidade. Ao realizarmos alguma tarefa, há a complexa relação entre a biomecânica e a função neuromuscular para manter o corpo em pé com o mínimo de gasto energético. Traduzindo, o corpo procura sempre poupar esforços e energia.

Os hábitos inadequados durante o dia a dia, a influência de ser canhoto ou destro e alterações anatômicas já pré-existentes podem ocasionar desequilíbrios, que ao longo do tempo predispõem a dores e lesões.

Quem nunca passou muito tempo trabalhando no notebook e manteve a cabeça sustentada para a frente (anteriorizada), terminando o dia com aquela rigidez no pescoço, sensação de peso e muita dor de cabeça? Estudos já comprovaram por meio da eletromiografia que nessa posição há a tensão do músculo trapézio, o que gera compensações e desconfortos.

Mas por que dói?

Os mecanismos pelos quais as alterações podem gerar dor incluem a pressão sobre a raiz nervosa ou nas estruturas que contêm as terminações nervosas, contraturas musculares e encurtamentos adaptativos.

Como o RPG atuaria?

A hipótese é a de que encurtamentos/retrações das cadeias musculares estejam relacionadas a desequilíbrios musculares. Assim, o RPG visa reequilibrar a musculatura, por meio de posturas ativas prolongadas, em contrações excêntricas e isométricas associadas à respiração, com duração de 15 a 20 minutos.

O grande objetivo do RPG é o reequilíbrio das atividades neuromusculares dos segmentos. Esse reequilíbrio da postura e dos movimentos de forma mais coordenada depende do cerebelo, porção do cérebro responsável pela formação da memória habitual dos movimentos, por meio de exercícios simétricos.

O que diz a Ciência sobre o RPG?

O método RPG é um recurso muito utilizado por fisioterapeutas no Brasil e em outros países. Porém, embora seja clinicamente muito utilizado com resultados empíricos satisfatórios, faltam dados na literatura e consenso sobre seus benefícios. Mas alguns estudos foram publicados e mostram que o RPG pode ajudar a combater os seguintes problemas:

Dor lombar (lombalgia) Em estudo avaliando o RPG no tratamento de lombalgia não-específica, os resultados sugerem sua eficácia em reduzir dor e incapacidade, se comparado à intervenção com terapia manual. Em outro estudo, pesquisadores avaliaram e compararam o efeito do RPG em pacientes com dor lombar crônica. Os voluntários foram distribuídos em grupo controle e grupo RPG. Ambos os grupos receberam orientações e educação sobre postura nas atividades do dia a dia. O grupo controle recebeu orientações com exercícios domiciliares e sobre a prática regular de atividade física de baixo impacto com intensidade baixa a moderada. Os resultados apontam que ambos os grupos apresentaram melhora significativa na dor e funcionalidade, sendo que após um ano de acompanhamento, os resultados se mantiveram. No entanto, o grupo RPG relatou menor frequência de dor, o que poderia indicar um efeito mais duradouro do RPG se comparado ao grupo controle.

Escoliose Em estudo, os resultados indicaram melhoras significativas no equilíbrio da atividade elétrica do músculo extensor da coluna bilateralmente no grupo tratado com RPG, em comparação ao grupo controle.

Hérnia de disco Estudos apontam redução da dor e melhora de função dos pacientes. Além disso, os benefícios do RPG parecem se manter por cerca de 180 dias. Porém, alguns desses estudos não foram conduzidos de forma controlada.

Assim, apesar de não existir um consenso científico sobre todos os benefícios do RPG, ainda hoje é um método que se fortalece na comunidade médica, apresentando resultados práticos promissores. É importante que o RPG seja utilizado como uma ferramenta a mais na abordagem de tratamento do fisioterapeuta, o que poderia auxiliar em casos crônicos e agudos. Caso tenha dores na coluna ou má postura, procure seu médico e fisioterapeuta especializados.

*Colaboração da Fisioterapeuta Doutora em Ciências da Saúde pela UNIFESP e Griffith University, Dra Renata Luri e da Fisioterapeuta Especializada em Afecções da Coluna Vertebral, Dra Thais Almeida 

Referências:
– BARROQUEIRO, C. et al. The effects of a global postural reeducation program on an adolescent handball player with isthmic spondylolisthesis, Journal of Bodywork and Movement Therapies, v.18, n.2, p. 244-258, April 2014, ISSN 1360-8592.
– BEN M., HARVEY L.A. Regular stretch does not increase muscle extensibility: a randomized controlled trial. Scand J Med Sci Sports. 2010;20(1):136-44.
– BONETTI F. et al. Effectiveness of a 'Global Postural Reeducation' program for persistent Low Back Pain: a non-randomized controlled trial BMC Musculoskeletal Disorders v.11, p.285, 2010.
– CASTAGNOLI C., et al. Effects in short and long term of global postural reeducation (GPR) on chronic low back pain: a controlled study with one-year follow-up. The Scientific World Journal. 2015;2015:271436.
– CLAUS A.P., et al. Is 'ideal' sitting posture real? Measurement of spinal curves in four sitting postures. Man Ther. 2009.
– CUNHA A.C.V.,et al. Effect of global posture reeducation and of static stretching on pain, range of motion, and quality of life in women with chronic neck pain: a randomized clinical trial. Clinics. 2008;63(6):763-70.
– LAWAND P., et al. Effect of a muscle stretching program using the global postural reeducation method for patients with chronic low back pain: a randomized controlled trial. Joint Bone Spine. 2015;82:272–277.
– MALUF, S.A., et al. Global postural reeducation and static stretching exercises in the treatment of myogenic temporomandibular disorders: A randomized study. J Manipulative Physiol Ther. 2010;33(7):500-7.
– MOTA, G. B. C. et al. Alterações posturais em gestantes: uma análise através da biofotogrametria computadorizada. Revista on-line do CESED, Campina Grande, v. 14, n. 20/21, p. 102-116, jan. 2013.
– PILLASTRINI P., et al.Effectiveness of Global Postural Re-education in Patients With Chronic Nonspecific Neck Pain: Randomized Controlled Trial.Phys Ther. 2016 Sep;96(9):1408-16. doi: 10.2522/ptj.20150501. Epub 2016 Mar 24.
– SILVA, E. M. et al. Evaluation of the effects of Global Postural Reeducation in patients with ankylosing spondylitis Rheumatology International v. 34, n.7, p.887-902, July 2014.
– SOUCHARD, P. E. RPG: reeducação postural global: o método. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011
– SOUCHARD, P. Rieducazione Posturale Globale (RPG–Il Metodo). Milan, Italy: Elsevier; 2012
– TEODORI, R.M. et al. Reeducação postural global: uma revisão de literatura. Rev Bras Fisioter, São Carlos, v. 15, n. 3, p. 185-189, maio/jun. 2011.
– TIMSON B.F. Evaluation of animal models for the study of exercise-induced muscle enlargement. J Appl Physiol. 1990;69(6):1935-45. 20.

Sobre a autora

Paola Machado é fisiologista do exercício, formada em educação física modalidade em saúde pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela UNIFESP. É autora do Livro Kilorias - Faça do #projetoverão seu estilo de vida (Editora Benvirá). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre obesidade, e tem um canal de desafios (30 Dias com Paola Machado) onde testa a teoria na prática. Também é fundadora do aplicativo aplicativo 12 semanas. CREF: 080213-G | SP

Sobre a coluna

Aqui eu compartilharei conteúdo sobre exercício e alimentação para ajudar você a encontrar o caminho para um estilo de vida mais saudável. Os textos são cientificamente embasados e selecionados da melhor forma possível, sempre para auxiliar no seu bem-estar. Mas, lembre-se: a informação profissional é só o primeiro passo da sua nova jornada. O restante do percurso depende 100% de você e da sua motivação para alcançar seu objetivo.