Topo
Paola Machado

Paola Machado

Categorias

Histórico

Aplicativos e gadgets para melhorar a postura funcionam?

Universa

08/10/2019 04h00

Crédito: iStock

A tecnologia está cada dia mais a favor da nossa saúde. Nos últimos anos, surgiram milhares de aplicativos que auxiliam no cuidado e na administração do nosso bem-estar. Hoje existem mais de 165.000 aplicativos relacionados a esse tema sendo que aproximadamente, 1/4 deles se concentra no gerenciamento de doenças. Há apps e dispositivos focados desde o cuidado com a saúde mental, exercícios para o gerencialmente de quem deseja emagrecer, até alguns que prometem ajudar pessoas que tem dores na coluna. Ainda nessa área de postura e tratamento, diversos gadgets têm ganhado fama por prometerem melhorar a sua postura imediatamente. 

Alguns cuidados antes de baixar esses apps

Os apps destinados a pessoas com dor lombar crônica muitas vezes estimulam o usuário a realizar atividades físicas. De forma geral, não há uma avaliação física prévia ou a orientação adequada de um profissional.

O que a Ciência comprova Faltam estudos nessa área e ainda poucos demonstraram melhora significativa da dor e incapacidade funcional. Segundo a Fisioterapeuta Especializada em Afecções da Coluna, Thais Almeida "ainda não houve uma avaliação rigorosa desses aplicativos ou uma correlação de alta qualidade com as diretrizes atuais de cuidado com a saúde da coluna para garantir a segurança ou até a eficácia dessas abordagens."

É valido lembrar que manter-se ativo previne diversas doenças, mas em caso de dor procure um especialista no assunto para orientação adequada. A ciência comprova há algum tempo que em casos de dor crônica, o tratamento ideal é multidisciplinar. O que significa que depende da atuação de diversos profissionais da área de saúde. Além da terapia com exercícios, também é muito importante o acompanhamento psicológico e medicamentoso.

Alguns cuidados antes de investir em um gadget

Além dos aplicativos, alguns dispositivos prometem a postura perfeita. Alguns são em forma de adesivos que são fixados nas costas do usuário e outros, são na forma de colares que emitem uma informação ao smartphone com um alerta para correção postural. Esses dispositivos não devem ser usados de forma permanente e no mercado são divulgados como uma forma de prevenir lesões e dores na coluna.

O que a ciência comprova: Na literatura atual não existe um consenso sobre a postura ideal, bem como não há um consenso sobre a melhor forma de desenvolvê-la. As orientações e acessórios ergonômicos são bastante disseminados e têm seu papel, porém a realização de exercícios físicos é considerada fundamental. Estudos demonstram que a prática regular de atividade física reduz em cerca de 33% o risco de desenvolver dores na coluna. Segundo a fisioterapeuta,  Thais Almeida: "O importante é apresentar uma ação combinada entre a biomecânica e a função neuromuscular com o mínimo de gasto energético, por meio do uso de forças adequadas durante as posturas adotadas em tarefas do dia a dia".

A tecnologia através de apps e gadgets surgem com um papel de estimular o autogerenciamento em saúde, mas ainda faltam mais estudos para garantir os reais benefícios antes de se pensar em investir nessas tecnologias. Ainda hoje, um estilo de vida ativo e o suporte de profissionais de saúde qualificados parece valer mais o investimento do que investir em uma solução milagrosa para sua coluna ou para uma possível "postura perfeita".

*Com colaboração de Renata Luri, fisioterapeuta doutora pela Unifesp, e Thais Almeida, fisioterapeuta especializada em afecções da coluna.

Referências:
Chhabra HS, Sharma S, Verma S. Smartphone app in self-management of chronic low back pain: a randomized controlled trial. Eur Spine J. 2018
Machado GC, Pinheiro MB, Lee H, Ahmed OH, Hendrick P, Williams C, Kamper SJ. Smartphone apps for the self-management of low back pain: A systematic review.
Best Pract Res Clin Rheumatol. 2016
Chung HY, Chung YL, Liang CY. Projeto e Implementação de um Novo Sistema para Correção da postura através do uso de um sensor de colar vestível. JMIR Mhealth Saúde. 2019
Irvine AB, Russell H, Manocchia M, Mino DE, Cox Glassen T, Morgan R, Gau JM, Birney AJ, Ary DV. Mobile-Web app to self- -manage low back pain: randomized controlled trial. J Med Internet Res. 2015

Sobre a autora

Paola Machado é fisiologista do exercício, formada em educação física modalidade em saúde pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela UNIFESP. É autora do Livro Kilorias - Faça do #projetoverão seu estilo de vida (Editora Benvirá). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre obesidade, e tem um canal de desafios (30 Dias com Paola Machado) onde testa a teoria na prática. Também é fundadora do aplicativo aplicativo 12 semanas. CREF: 080213-G | SP

Sobre a coluna

Aqui eu compartilharei conteúdo sobre exercício e alimentação para ajudar você a encontrar o caminho para um estilo de vida mais saudável. Os textos são cientificamente embasados e selecionados da melhor forma possível, sempre para auxiliar no seu bem-estar. Mas, lembre-se: a informação profissional é só o primeiro passo da sua nova jornada. O restante do percurso depende 100% de você e da sua motivação para alcançar seu objetivo.

Mais Paola Machado