Topo

Histórico

Categorias

Conheça os benefícios do pilates para corredores

Paola Machado

19/11/2019 04h00

Crédito: iStock

A corrida tem sido a atividade física mais popular no mundo todo. Afinal de contas, pode ser realizada na rua, no parque e tem um custo infinitamente menor quando comparado a outras atividades. Teoricamente, é só calçar o tênis e correr. Por outro lado, estima-se que 50% dos corredores amadores irão se machucar em algum momento durante sua prática e 80% dessas lesões podem ocorrer no quadril, no joelho, no tornozelo ou no pé.

Entenda o porquê de corredores se machucarem tanto…

Apesar de a corrida ser um movimento instintivo e natural do ser humano, ao longo do tempo, perdemos a necessidade de caçar e fugir de predadores. Portanto, nossos músculos, ossos e articulações não estão mais preparados para receber essa demanda a não ser que treinemos para isso.

Pelo estilo de vida cada vez mais sedentário, alguns músculos foram se tornando cada vez mais fracos e mais encurtados do que outros causando o que chamamos de desequilíbrios musculares. Esses desequilíbrios levam a alterações nos alinhamentos das articulações que se tornam mais evidentes durante a corrida, já que ela exige movimentos repetitivos por tempo prolongado. Esses desalinhamentos expostos a altas cargas podem predispor a lesões como estiramentos musculares, tendinites e entorses.

Dessa forma, o ideal seria que todo corredor dedicasse um tempo para preparar seu corpo para a prática. E atenção, não só alongando mas também fortalecendo os músculos do corpo como um todo.

O que é o Pilates e como ele pode ajudar?

Criado por Joseph Pilates em 1923, o método abrange mais de 500 diferentes tipos de exercícios. Pode ser realizado apenas no solo ou em um studio com o auxílio de equipamentos desenvolvidos pelo próprio Pilates. Dentre seus princípios estão:

  • A respiração Durante a execução dos exercícios de Pilates é dada grande ênfase ao controle da respiração e o uso de toda a capacidade pulmonar, tanto na inspiração como na expiração.
  • O controle de centro O trabalho de fortalecimento dos músculos do core (músculos abdominais, da coluna e do quadril) são inerentes ao método e se traduz em melhor estabilidade do corpo.
  • O alinhamento Através do correto alinhamento do corpo exigido pelo método, o movimento é mais eficiente, pois as articulações, os ossos e os músculos podem trabalhar de forma mais coordenada e congruente.

A ciência aponta resultados positivos do Pilates em Corredores: Apesar de ainda estarmos engatinhando nas pesquisas, estudos científicos recentes vêm demonstrando que o método Pilates pode ser um grande aliado aos corredores de plantão. Ele tem se mostrado eficiente no aumento do rendimento de corredores através da melhora do condicionamento físico e da diminuição de desequilíbrios musculares. A melhora do alinhamento e da estabilidade do corpo decorrente desse processo de fortalecimento muscular que os exercícios de Pilates propõem, também otimizam a biomecânica do corredor para diminuir a chance dele se machucar enquanto corre.

Outro benefício do Pilates é o aumento da flexibilidade dos músculos, o que os permite não só gerar mais força para correr, como também mais elasticidade para receber e amortecer os impactos da corrida.

Para quem ainda não se convenceu…

Pouco se fala sobre a importância dos pés para uma boa postura. Eles sustentam o nosso corpo e o conecta ao chão que pisamos. Auxiliam no bom alinhamento de nossos joelhos, quadril e coluna enquanto estamos de pé, andando e correndo.

Durante a corrida, nossos pés estão constantemente amortecendo o impacto do peso do corpo no solo, gerando uma carga enorme sobre eles. Essa carga intensa somada ao mal alinhamento dos pés (seja por causa dos desequilíbrios musculares, seja pelo uso diários de sapatos nada ergonômicos) são o coquetel perfeito para lesões nos pés, tornozelos ou joelhos.

No método Pilates existem exercícios e equipamentos específicos para otimizar a estabilidade e a mobilidade dos pés. Isso pode ser de grande benefício para o corredor, pois os pés irão absorver melhor o impacto da corrida e consequentemente ajudar a proteger as outras articulações do corpo.

Resumindo: A corrida é um ótimo exercício físico, pois possui inúmeros benefícios. Por outro lado, o índice de pessoas que se machucam correndo ainda é muito alto. Um preparo físico adequado pode ajudar a prevenir lesões nos corredores, e o Pilates tem se mostrado uma boa atividade para ser realizada em paralelo e, não só prevenir lesões como também otimizar o rendimento da corrida. Para isso, é muito importante procurar um profissional qualificado para que ambas as práticas sejam realizadas de forma segura e saudável.

*Colaboração da fisioterapeuta Doutora em Ciências da Saúde Dra. Renata Luri e da fisioterapeuta Dra. Aline Ayumi Umezaki (UNIFESP).

Referências:
– de Araujo, Mariana Korbage et al. "Injuries among amateur runners." Revista brasileira de ortopedia vol. 50,5 537-40. 8 Sep. 2015, doi:10.1016/j.rboe.2015.08.012
– van Gent, R N et al. "Incidence and determinants of lower extremity running injuries in long distance runners: a systematic review." British journal of sports medicine vol. 41,8 (2007): 469-80; discussion 480. doi:10.1136/bjsm.2006.033548
– Laws A, Williams S, Wilson C. "The Effect of Clinical Pilates on Functional Movement in Recreational Runners." Int J Sports Med. 2017 Sep;38(10):776-780. doi: 10.1055/s-0043-111893. Epub 2017 Aug 3.
– Finatto P, Silva ESD, Okamura AB, Almada BP, Storniolo JLL, Oliveira HB, Peyré-Tartaruga LA. Pilates training improves 5-km run performance by changing metabolic cost and muscle activity in trained runners. PLoS One. 2018 Mar 21;13(3):e0194057. doi: 10.1371/journal.pone.0194057.

Sobre a autora

Paola Machado é fisiologista do exercício, formada em educação física modalidade em saúde pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela UNIFESP. É autora do Livro Kilorias - Faça do #projetoverão seu estilo de vida (Editora Benvirá). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre obesidade, e tem um canal de desafios (30 Dias com Paola Machado) onde testa a teoria na prática. Também é fundadora do aplicativo aplicativo 12 semanas. CREF: 080213-G | SP

Sobre a coluna

Aqui eu compartilharei conteúdo sobre exercício e alimentação para ajudar você a encontrar o caminho para um estilo de vida mais saudável. Os textos são cientificamente embasados e selecionados da melhor forma possível, sempre para auxiliar no seu bem-estar. Mas, lembre-se: a informação profissional é só o primeiro passo da sua nova jornada. O restante do percurso depende 100% de você e da sua motivação para alcançar seu objetivo.

Paola Machado