PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Tirar férias previne doenças cardíacas e ajuda você a dormir melhor

Paola Machado

03/01/2020 04h00

Créditos: iStock

Esses dias estava vendo meus filhos brincarem e os estímulos são muitos. Quando eu era pequena, eu tinha momentos de tédio e, acreditem, o silêncio virava uma grande brincadeira. Ficar sem fazer nada é importante, bem como desligar de todos os nossos problemas, tensões, preocupações e viver um pouco fazendo coisas que não faríamos durante um ano corrido de trabalho ou mesmo fazendo absolutamente nada. Férias é importante. Férias renova. Agora, nessa correria toda, quantas vezes você quis tirar férias, mas pensou: "eu tenho muito o que fazer?" Quantas vezes você se queixou de como está exausto, mas não fez nada a respeito? Quantas vezes você ficou frustrado com as longas horas de trabalho, mas não fez nada para descansar?

Na minha clínica sempre pergunto… "seu trabalho te estressa e te deixa ansioso?". Se sim, pergunto novamente… "você se cobra ou o trabalho te cobra?" Existe sim a cobrança normal — ou anormal — do trabalho, mas sempre quando coloco na balança a cobrança pessoal é muito maior. Com o novo conceito de home office, as pessoas não têm mais limites e não sabem a hora de parar, ficando cada vez mais sobrecarregados, cansados e estressados. E ainda tem gente — como eu nesse exato momento — que saem de férias e continuam ligadas no trabalho, mesmo que distantes.

Que tal dizer um "basta" e aprender a colocar nossas necessidades em primeiro lugar. Tirar uma folga é bom para sua saúde mental e física, e você pode voltar mais produtivo e eficaz. Algumas razões são as seguintes.

Tirar férias reduz o estresse

Que novidade…. Um estudo divulgado pelo American Psychological Association concluiu que as férias reduzem o estresse, removendo as pessoas das atividades e ambientes que eles associam ao estresse e à ansiedade. Da mesma forma, um estudo canadense de quase 900 advogados descobriu que tirar férias ajuda a aliviar o estresse no trabalho. Isso para mim nem precisava de estudos para comprovar e é só olhar a felicidade das pessoas nas férias. Porém, um dado importante da Universidade de Viena mostrou que os efeitos de um tempo de férias duram além das férias, sendo que na volta ao trabalho os funcionários tinham menos queixas físicas relacionadas ao estresse, como dores de cabeça, dores nas costas e irregularidades cardíacas. Esse sentimento de bem-estar durou por cerca de 5 semanas.

Previne doenças cardíacas

Uma série de estudos destacou os benefícios das férias na saúde cardiovascular. Um estudo mostrou que os homens com risco de doenças cardíacas que pularam férias por cinco anos consecutivos tiveram 30% mais chances de sofrer ataques cardíacos do que aqueles que tiravam pelo menos uma semana de férias por ano. Além do mais, mesmo perder as férias de um ano estava associado a um maior risco de doenças cardíacas. Os estudos encontram resultados semelhantes com as mulheres, mulheres que tiravam férias uma vez a cada seis anos ou menos tinham quase oito vezes mais chances de desenvolver doenças cardíacas, ataques cardíacos ou morte por causas relacionadas às coronárias do que aquelas que tiravam pelo menos duas férias em um ano. Mais um dado importante para convencê-lo de que o tempo de férias é importante para sua saúde a longo prazo.

Melhora a produtividade

Em nossa cobrança incessante para ser produtivo, muitas vezes prejudicamos nossa própria capacidade de atuar de forma consistente em níveis de pico. Fazer mais em menos tempo nos permite avançar e ser mais produtivo, mas é preciso um foco consistente para ser realmente produtivo. Uma empresa — Ernst & Young –conduziu um estudo interno de seus funcionários e descobriu que, a cada 10 horas adicionais de férias que os funcionários tiravam, suas classificações de desempenho no final do ano aumentavam 8%. Além disso, os funcionários que tiravam as férias com mais frequência eram significativamente menos propensos a deixar a empresa. Outro estudo realizado por outra empresa — Boston Consulting Group — descobriu que os profissionais de alto nível que precisavam tirar uma folga eram significativamente mais produtivos do que aqueles que passavam mais tempo trabalhando.

Ajuda a dormir melhor

Quando estamos muito ansiosos, estressados, trabalhando demais é natural os relatos de noites inquietas e sono interrompido — geralmente decorrentes do fato de que estamos pensando demais e que nossa cabeça não para. Isso afeta nosso sono e a falta de sono leva a menos foco, menos atenção e concentração, memória prejudicada, maior probabilidade de acidentes e redução na qualidade de vida. Os pesquisadores dizem que as férias podem ajudar a interromper os hábitos que perturbam o sono, como trabalhar até altas horas da noite ou ficar exposto a luz do celular ou computador antes de dormir. Se você sofre de estresse no trabalho e descobre que seu sono é interrompido por causa de ansiedade ou tensão, tire um tempo de férias e aprenda a redefinir seu padrão de sono.

Então, aproveite as férias para descansar!

Referências:
– Average U.S. Employee Only Takes Half of Earned Vacation Time; Glassdoor Employment Confidence Survey (Q1 2014). April 3 2014. https://www.glassdoor.com/blog/average-employee-takes-earned-vacation-time-glassdoor-employment-confidence-survey-q1-2014/
– Chikani V, Reding D, Gunderson P, McCarty C. Vacations Improve Mental Health among Rural Women: The Wisconsin Rural Women's Health Study. Wisconsin Medical Journal. (2005) Vol. 104 https://www.wisconsinmedicalsociety.org/_WMS/publications/wmj/pdf/104/6/20.pdf
– Brooks G, Matthews K. Are Vacations Good for Your Health? The 9-Year Mortality Experience After the Multiple Risk Factor Intervention Trial. Psychomatic Medicine. (2000) Vol. 62 Issue 5. http://journals.lww.com/psychosomaticmedicine/Abstract/2000/09000/Are_Vacations_Good_for_Your_Health__The_9_Year.3.aspx
– Greenburg M. Is a Vacation or Meditation the Key to Stress Relief? Psychologytoday.com (2016) https://www.psychologytoday.com/blog/the-mindful-self-express/201609/is-vacation-or-meditation-the-key-stress-relief
– Westman M, Etzion D. The impact of vacation and job stress on burnout and absenteeism. Psychology and Health. Vol 16 (2001).
– Mina Westman & Dalia Etzion. The impact of vacation and job stress on burnout and absenteeism. Pages 595-606 | Accepted 15 Jan 2001, Published online: 19 Dec 2007.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Paola Machado é fisiologista do exercício, formada em educação física modalidade em saúde pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela UNIFESP. É autora do Livro Kilorias - Faça do #projetoverão seu estilo de vida (Editora Benvirá). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre obesidade, e tem um canal de desafios (30 Dias com Paola Machado) onde testa a teoria na prática. Também é fundadora do aplicativo aplicativo 12 semanas. CREF: 080213-G | SP

Sobre a coluna

Aqui eu compartilharei conteúdo sobre exercício e alimentação para ajudar você a encontrar o caminho para um estilo de vida mais saudável. Os textos são cientificamente embasados e selecionados da melhor forma possível, sempre para auxiliar no seu bem-estar. Mas, lembre-se: a informação profissional é só o primeiro passo da sua nova jornada. O restante do percurso depende 100% de você e da sua motivação para alcançar seu objetivo.

Paola Machado