PUBLICIDADE

Topo

4 ingredientes para recuperar o corpo após exagerar na bebida ou na comida

Paola Machado

05/03/2020 04h00

Crédito: iStock

É normal ter aqueles períodos em que acabamos exagerando na bebida e/ou descuidando da alimentação. Quando isso acontecer, redobrar alguns cuidados com a sua alimentação posteriormente pode fazer a diferença e ajudar a colocar a casa em ordem mais rapidamente.

Tente aos poucos voltar para a rotina alimentar e consumir alimentos frescos. Os alimentos integrais ricos em fibras (cereais, farelos, mix) precisam voltar a fazer parte do seu dia a dia para regular o funcionamento intestinal e consequentemente eliminação de subprodutos da digestão e metabolismo corporal, além de garantirem a integridade de sua floria intestinal e absorção de forma mais efetiva dos nutrientes presentes naqueles alimentos que compõe a sua refeição.

Outro aspecto muito importante é o sono… Procure ter boas noites, pois a privação deste relaciona-se diretamente com a ocorrência de distúrbios endócrinos, alimentares e alterações de humor, sem contar a queda na produtividade física e intelectual.

Por fim, invista em nutrientes/ingredientes essenciais para recompor o estado de hidratação, proteger o fígado e favorecer a renovação celular, como os abaixo:

ÁGUA A ingestão de água deve fazer parte da sua rotina, independentemente de sentir ou não sede. A quantidade de água necessária para o bom funcionamento do organismo é variável, porém, dificilmente será menor do que 1,5 litros por dia. Dados mais precisos estimam que a necessidade de água para homens sedentários, por exemplo, é de aproximadamente 2,5 l por dia e de 2 l para as mulheres.

A água é fundamental para manter a temperatura corporal, hidratar a pele e todos os tecidos, transportar nutrientes e eliminar subprodutos, manter a pressão arterial e garantir o correto funcionamento do intestino, entre outros. Procure também consumir vegetais ricos neste importante líquido, como melão, melancia, laranja, ameixa, mexerica, chuchu, abobrinha e pepino.

BETACAROTENO Os carotenóides apresentam propriedades antioxidantes que se destacam por combaterem a ação degenerativa dos radicais livres. Após um período de exagero, isso será fundamental para a proteção de seu fígado, vesícula biliar, intestino e pele, promovendo rigidez, renovação e elasticidade, tudo isto em ação conjunta com a vitamina C. Podemos encontrar esse nutriente na cenoura, abóbora, no tomate, pêssego e pimentão amarelo. Consuma esses alimentos preferencialmente junto a uma gordura de boa qualidade, como azeite, para garantir melhor absorção e desempenho das funções dos nutrientes.

VITAMINA C Essa vitamina também pode reduzir a ação dos radicais livres e regulação na produção de colágeno, a partir de estimulação endógena. Sucos a base de laranja, morango, kiwi, acerola e demais cítricos certamente atingirão a sua necessidade diária do nutriente, sem tornar necessária a suplementação.

VITAMINA E A ingestão do nutriente, a partir de fontes naturais como óleos vegetais gérmen de trigo e óleos vegetais, é também capaz de proteger o nosso corpo contra a ação dos radicais livres envolvidos em doenças cardiovasculares e processo de envelhecimento. Como informação adicional, a vitamina E na forma de α-tocoferol possui ainda efeitos potentes em vários eventos relacionados à plasticidade cerebral, tanto na saúde quanto na doença, ajudando no sistema nervoso central, cognição e prevenção de doenças neurodegenerativas. Se você exagerou muito no consumo de álcool, vale a pena reforçar ainda mais o consumo destes alimentos e também valorizar o consumo de vegetais verde-escuros, peixes magros, leguminosas (lentilha, feijão, grão-de-bico) e cogumelos como shitake, shimeji.

Devemos sempre levar em consideração que nenhum nutriente desempenha apenas uma função em nosso organismo, e é justamente por isso que a atenção na escolha, a variedade e o frescor dos alimentos deve prevalecer em todos os momentos do seu dia, explorando ingredientes diversos e descobrindo cada vez mais sabores.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
– www.ilsibrasil.org
– Cardoso, M.A. Nutrição e Metabolismo: Nutrição Humana. Ed Guanabara Koogan.
– Cozzolino, Silvia M. Franciscato. Biodisponibilidade de minerais. Revista de Nutrição, 10(2), 87-98, 1997.
– Cozzolino, Silvia M. Franciscato. Biodisponibilidade de Nutrientes. Ed Manole, 4ª ed, 2012.

Sobre a autora

Paola Machado é fisiologista do exercício, formada em educação física modalidade em saúde pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela UNIFESP. É autora do Livro Kilorias - Faça do #projetoverão seu estilo de vida (Editora Benvirá). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre obesidade, e tem um canal de desafios (30 Dias com Paola Machado) onde testa a teoria na prática. Também é fundadora do aplicativo aplicativo 12 semanas. CREF: 080213-G | SP

Sobre a coluna

Aqui eu compartilharei conteúdo sobre exercício e alimentação para ajudar você a encontrar o caminho para um estilo de vida mais saudável. Os textos são cientificamente embasados e selecionados da melhor forma possível, sempre para auxiliar no seu bem-estar. Mas, lembre-se: a informação profissional é só o primeiro passo da sua nova jornada. O restante do percurso depende 100% de você e da sua motivação para alcançar seu objetivo.